HOME > notícias

 

Últimas notícias

Notícias

Próximos Eventos

Trilha Inca - Salkantay

Saída: 02/09 a 09/09 - 2017

detalhes

Açu e Portais de Hércules

Saída: 21/10 a 22/10 - 2017

detalhes

Torres del Paine - W

Saída: 12/12 a 18/12 - 2017

detalhes

Programação completa

Caminhadas Trilhas Rio de Janeiro Brasil

Turista Coreana é expulsa do Parque Torres del Paine

Publicado em 19/03/2015

 

ToursA turista coreana Youn Lee de 34 anos, foi expulsa na noite do dia 6 de março do Parque Nacional Torres del Paine por acender uma fogueira, ato que está proibido no interior desta reserva natural. Esta proibição é informada a todos os visitantes que desejam realizar caminhadas pelas trilhas do parque.

O fato ocorreu no camping próximo ao setor da Laguna Azul, a qual foi surpreendida por um guarda-parque local, Pablo Aguilar. Depois de ser informada que estava infringindo a Lei 20.653, a cidadã coreana foi expulsa do parque por volta das 22h30, sendo levada para Puerto Natales pela polícia do parque.

O tribunal de Puerto Natales proibiu a coreana de ingressar ao parque pelos próximos dois anos e deu uma multa de R$ 2.500,00 que será entregue aos bombeiros da comunidade.

A respeito, o Superintendente do Parque Nacional Torres del Paine, Frederico Hechenleitner, disse que "necessitamos que as pessoas que nos visitam respeitem nossos procedimentos e mantenham a conduta de respeito e cuidado ao interior do parque, seguindo as instruções dos guarda-parques para assim evitar ocorrências de incêndios florestais ou de outros tipos de emergências".

A proibição de "acender fogo em qualquer circunstância" está expressamente indicada tanto no mapa do parque, que recebem todos os visitantes ao pagar sua entrada, assim como nos formulários de Controle de Declaração de Ingresso Individual ou em Grupo que preenchem todas as pessoas que ingressam para as trilhas de montanha.

Quem acende fogo em lugares não autorizados se expõe a duras sanções que vai de três anos de reclusão e multa de 2 milhões de pesos (10 mil reais), e se este ato provoca um incêndio florestal, estas punições podem chegar a cinco anos de reclusão e 8 milhões de pesos (40 mil reais).

 

notícias



O que fazemos  |  Programação  |  Tours Privados |  Reservas  |  Missão  |  Contato  |  Parceiros
Home  |  Empresarial  |  Trabalhe conosco  |  Notícias  |  Termos e Condições   
Trilha a Pé Turismo e Eventos Ltda ME - CNPJ: 09 533 628/0001-27 - Cadastur: 19.062398.10.0001-6 - Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.